Sexta-feira, 17 de Setembro de 2010

apeteceu-me videoclubar (spoilers)

Ontem fiz serão.

Vi dois filmes.

No 1º fiquei com um sentimento de revolta misturado com "como é possível uma história destas este mundo está louco".

No 2º lamechas como sou fartei-me de choramingar comovida.

Dois contos tipicamente das américas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O THE BLIND SIDE fica para segundas núpcias.

Agora tal é o meu estado de choque vou resumir o documentário. talhotblond

É um documentário real. Uma história verídica onde aparecem os verdadeiros protagonistas. Excepto um a quem é dada uma voz fictícia porque está morto.

Então a coisa muito resumidamente é mais ou menos isto:

- Um homem de meia idade casado e com duas filhas, frustrado com a vida, diverte-se com jogos da internet e chatrooms.

- Uma suposta adolescente de 18 anos (talhotblond) também.

- O homem (marinesniper) encantado pelas mil e uma fotografias e pela conversa dela mente-lhe e diz que é um jovem alistado no exército e vai combater para o Iraque e quer casar com ela e mais isto e mais aquilo e cibersexo e nasce uma verdadeira relação de amor cibernáutica, se é que tal coisa existe.

- A mulher do marinesniper descobre e conta a verdade sobre o marido à rapariga.

- A rapariga furiosa e por vingança começa a cibernamorar com um rapaz de 22 anos que é colega de trabalho do marinesniper e manipula-o de modo a humilharem-no (ao marinesniper) quer na net quer no seu local de trabalho, mas continua a alimentar ambas as relações.

- O marinesniper passa-se ainda mais do que já era passado e mata o rapaz com três tiros.

- A polícia preocupada com a segurança da rapariga procura-a na sua suposta morada.

- A talhotblond afinal não era uma rapariga de 18 anos, era a mãe da rapariga de 18 anos que usava as centenas de fotografias da filha (que já nem morava com ela e nem tinha conhecimento da situação) para andar a seduzir homens na net. Uma mulher casada que enquanto o pai dos seus filhos ía trabalhar divertia-se assim.

Conclusão, um rapaz de 22 anos morto, um assassino de 47 anos na cadeia, uma rapariga de 18 anos traumatizada e o seu pai horrorizado, 3 famílias completamente destroçadas. E depois uma mulher de 46 anos, uma tal de Maria Shieler que anda por aí na boa e parece que ainda quer escrever um livro sobre os perigos da internet e ganhar uns trocos com o drama todo. Como se não tivesse culpa nenhuma de absolutamente nada. E eu ainda completamente boquiaberta.

publicado por anatcat às 09:27
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Isa a 20 de Setembro de 2010 às 23:31
Pronto, então este filme já vi:p
dasse, que cena de gente doida, mas é assim que se vê do que as pessoas são capazes sob a máscara de um nick, não é? claro que essa vaca devia estar presa, independentemente do marido estar a trabalhar ou não, independentemente sequer de ter marido. Há coisas que simplesmente não se fazem e pronto.

Ainda não vi o outro filme!!
De anatcat a 21 de Setembro de 2010 às 14:55
É impressionante mesmo.
A mulher tanto andou com as porcarias dela que as coisas chegaram a este ponto.
Infelizmente não há legislação que responsabilize a mulher por nada.
Claro que a filha nunca mais lhe vai falar, assim como o marido se divorciou dela e quer é distância daquela psicótica.
Mas um rapaz está morto e um homem tornou-se num assassino e a tresloucada parece que ainda anda por aí nas internets e quer fazer dinheiro com esta miséria toda. É triste, muito triste.
O outro filme é lindo. Chorei que me fartei. É uma história verdadeira também. Mas linda :)
De Nawita a 21 de Setembro de 2010 às 09:48
A sério?
Cambada de tarados! Ainda vai fazer fortuna a vender livros. é nojento.

O outro filme, dizem as más línguas, que está excelente.
De anatcat a 21 de Setembro de 2010 às 15:00
Mesmo nojenta a mulher.
A utilizar montes de fotografias da própria filha. Quanto mais provocadoras melhor.
É de vómitos.
O the blind side adorei, lacrimejei quase o filme todo, é uma história mesmo fofinha, daquelas que desejamos que houvessem muitas mais.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. every body needs a good.....

. :)

. my romeo must be dead

. strike a pose, just not t...

. apeteceu-me, amanhã será ...

. Juliet...

. a cena... é só até aos 42...

. surpresa! (memory lane)

. lisbon@weekends

. music@last weekend - Azev...

. movies@weekend

. ...

. o poder da música, para c...

. I'm alive

. quero um cão

. compras da feira

. @saturday + @sunday

. intermitências da morte (...

. Quem tem um acabadinho de...

. ...

.arquivos

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.links

.Visitas


Ver Visitantes

.subscrever feeds